Estou aqui para te apresentar e falar sobre CONSTELAÇÕES SISTÊMICAS. Mas antes, conheça um pouco mais sobre minha trajetória e experiência.

FAMÍLIA

Estou casada com Donizetti, tive 02 filhos - Vivian e Henrique - e 02 lindos netos - Gustavo e Pedro.

 FORMAÇÃO

Terapeuta Transpessoal e Consteladora :

Certificada pela FAYBEL - Escola do Pensamento Sistêmico e workshops com Bert e Sophie Hellinger.

Consteladora certificada nas novas Constelações Fenomenológicas Sistemicas Familiares de Bert Hellinger.

Facilitadora em  Mesa Radiônia e Simetria Áurea.

Terapeuta em Alinhamento Energético.

Terapeuta na abordagem "The Pathwork of self- transformation".

Terapeuta em Terapias Naturais, certificada através do Instituto Sul-Americano de ciências e Naturopatia Aplicada e Radiestesista.

 

 

PROFISSÃO

Sou Terapeuta e facilitadora em Constelações Sistêmicas (Familiar, Profissional, Organizacional e Biográfica).

Individual e em grupos.

DEPOIMENTO

Desde que me permiti o autoconhecimento e desenvolvimento nestes últimos 14 anos da minha trajetória de vida, não parei mais. Como o Reiki, Feng Shui, Pathwork, Workshops de Desenvolvimento Pessoal e Profissional, DL - Desenvolvimento de Liderança, Coach e as Constelações Sistêmicas.

O Pathwork me levou ao mais profundo conhecimento do meu ser. É uma metodologia psicológica e espiritual. Pode ser chamado de abordagem transpessoal, fundamentada nos estudos e vivência da austríaca Eva Pierrakos.

As Constelações Familiares, por sua vez, me abriram um campo de estudos da energia humana, com base da abordagem de Bert Hellinger.

Gosto de dizer que minha vida é a minha grande escola. Sou meu próprio objeto de pesquisa, experimentos e desenvolvimento. Tenho como tarefa pessoal a evolução do meu ser e da minha alma. Me coloco à disposição do universo conectada ao meu divino, a toda fonte de amor e de cura a este trabalho, e a todos os buscadores desta grande jornada que é a vida.

Dedico à todos que fazem parte desta maravilhosa jornada que é a vida.

"Aquilo que eu já sou, seja o que for, eu quero dedicar à vida. Eu deliberadamente desejo que a vida faça uso do melhor daquilo que eu tenho e que sou. Eu posso não ter certeza neste momento da forma como isto possa ocorrer, e mesmo que eu tenha alguma ideia, eu permitirei que a inteligência e a sabedoria superiores dentro de mim me guiem. Eu deixarei que a própria vida decida como pode acontecer um intercâmbio frutífero entre ela e eu. Pois, o que quer que eu dê à vida, eu recebi dela, e desejo devolver ao imenso poço cósmico para trazer mais benefícios aos outros. Isto, por sua vez, vai inevitavelmente enriquecer minha própria vida na exata medida em que eu voluntariamente der à vida. Pois, verdadeiramente, a vida e eu somos um. Quando eu me nego à vida, eu me nego a mim mesmo. Quando eu me nego aos outros, eu me nego a mim mesmo. Aquilo que eu já sou seja o que for, eu quero deixar fluir para a vida construtivamente, de forma a enriquecer a atmosfera ao meu redor"